Confira 4 passos para ensinar as crianças sobre educação financeira

Muitos adultos não entendem sobre educação financeira porque não foram ensinados desde cedo a lidar com o dinheiro de forma consciente.

Por isso, confira a seguir algumas dicas para introduzir as crianças o quanto antes nesse universo.

1. Faça da mesada uma aliada na educação financeira para crianças

Para algumas crianças a mesada é o primeiro contato real com o dinheiro. Então, uma ótima forma para introduzir a educação financeira na vida delas, é determinar um valor fixo, compatível com a idade e com uma frequência regular.

A partir dessa atitude é possível fazer desse recurso um aliado para orientá-las sobre a importância de consumir com responsabilidade, poupar para poder comprar mais futuramente etc. 

No entanto, é muito importante que você deixe o pequeno livre para decidir com o que deseja gastar o dinheiro recebido — obviamente, sob sua supervisão —, pois é através da informação que você oferece e da experiência dele na prática que poderá aprender a fazer um bom uso do valor recebido.

2. Estimule o hábito de poupar

Algo muito comum para uma criança que passa a receber mesada, especialmente no início, é se sentir tentada a gastá-la com balas, biscoitos ou brinquedos, por exemplo.

E é exatamente neste ponto que devem entrar os ensinamentos, mostrando que quando ela age por impulso, acaba gastando mais do que deveria e ficando sem aquele valor pelo resto do mês. 

Portanto, sente-se com seu filho e explique de forma didática e simplificada a diferença entre gastos, poupança e investimento. Dizendo que o gasto se trata do que ele compra e consome no presente. Já a poupança serve para aquilo que ele deseja comprar algumas semanas ou meses depois e que o investimento, por sua vez, é uma reserva de longo prazo.

Ao aprender e compreender a importância de poupar, a criança manterá esse hábito e saberá aproveitar melhor o dinheirinho dela.

3. Explique o que é o cartão de crédito

À medida que a criança vai aprendendo sobre como lidar com o dinheiro na infância, é importante que você explique também, desde cedo, como funciona o cartão de crédito.

É muito comum que algumas crianças, ao verem os pais fazendo compras com um cartão, imaginem que ele é como uma peça mágica que permite comprar sem pagar. As crianças são muito lúdicas. Além disso,  algumas podem imaginar também que o cartão funciona como uma verba a mais.

Portanto, é muito importante que você mostre que o que é gasto com o cartão de crédito será descontado do seu salário, ou seja, que é preciso pagar com dinheiro de verdade tudo o que for comprado  e que se não for um consumo planejado, poderá afetar todo o orçamento da família.

4. Forneça leitura sobre o tema

Muitos pais podem acabar encontrando uma certa dificuldade em implementar a educação financeira no dia a dia dos filhos apenas por meio de ações e novos hábitos. Então, nestes casos, uma ótima forma de ensinar sobre o assunto, é através da leitura. 

Aprender através de livros com ilustrações e linguagem infantil pode ser muito mais fácil e divertido para as crianças, portanto, adquirir livros que são recomendados para a faixa etária do seu pequeno e leia junto com ele várias vezes na semana.

Leave your comment